3 de fevereiro de 2015

Marketing, Comunicação e Flops...

2015 já cá está e veio para ficar... claro! Janeiro acabou e o 2º mês já anuncia festividades da época.

O Estado "do" Citius dá lugar ao Estado das outras coisas e por isso mesmo é tempo de dar lugar a outras ferramentas e realidades que tanto nos afligem!

Anuncio - assim - o alargamento deste espaço, em definitivo, a outras realidades tecnológicas da Justiça que vão além do Citius.

Em tom de ignição, registo um desabafo sobre a "total renovação e melhor organização"do Portal das Finanças!
Anunciou-se no decorrer desta semana (início a 03-02-2015) em diversos media e em proliferação absoluta pela blogosfera a "total renovação e melhor organização" de um dos portais de maior sucesso e esmagadora utilização por parte dos portugueses, porquanto tem vindo a ser incrementadas, nos últimos anos, fortes estímulos e até obrigatoriedade, à utilização e preferência na comunicação electrónica dos actos tributários, como seja obtenção de certidões prediais, entrega e liquidação de impostos diversos, aquisição de bens em venda pública, etc.

Pois bem! Esta semana o "Portal das Finanças" - sítio oficial da actual Autoridade Tributária e Aduaneira - passou a ter um novo rosto!

Mas este novo rosto (e até ver) não é mais do que uma "careta" (máscara) própria do período carnavalesco que se aproxima!!!

Sim!!! Um novo site de entrada disponível em http://www.portaldasfinancas.gov.pt/, mas que, na prática, continua a reencaminhar para a "salganhada" de serviços (úteis e importantes) que este portal congrega!!!

Na verdade, ao clicar em "Serviços Tributários" somos automaticamente reencaminhados para o tão sobejamente conhecido link https://www.portaldasfinancas.gov.pt/pt/home.action, sem qualquer melhoria ou aperfeiçoamento...

O novo rosto da AT são más notícias???

Não necessariamente! Mas as notícias que se apregoam estão longe da realidade que anunciam!

Temos um novo "index" de entrada com "melhor organização" (referência subjectiva que deve ser criticamente analisada por cada um de nós!).

Por mim, mantenho a hiperligação guardada nos favoritos que me leva directamente para o site de referencia https://www.portaldasfinancas.gov.pt/pt/home.action e que nos "convida" a fazer a viagem complexa da gestão das nossas diversas obrigações fiscais!!!

Serve esta hiperligação do portal para a maior parte da prática das obrigações fiscais, com sejam:

- Entrega de Declarações
- Consulta de Declarações
- Emissão de Certidões e Facturas-recibo
- Pagamento de Impostos vários (IRS, IRC, IUC, IMI, IS)
- Consulta de dívidas e execuções fiscais

Fica (e mantém-se fora) o site do "e-factura" que oferece Audis e enche parangonas de jornais...

Permitam-me o desabafo de fim de post: é folclore a mais, num Estado cada vez mais sem Direito e com Contribuintes (que deviam ser cidadãos) que se resignam a acolher - com espectáculo e luz - as "novidades" do "mais do mesmo" inspirado na cultura do Príncipe João e do Sheriff of Nottingham...

Apelo ao vosso contributo crítico sobre as ferramentas tenológicas que nos controlam e definem os modos de actuação, ficando ao vosso dispor através do contacto estadodecitius @ gmail.com.

Sem comentários: