21 de fevereiro de 2011

SITAF: um cálvario sem execução final!?!

Desde a criação deste Blog que tenho a intenção de estender o seu âmbito para além da ferramenta Citius, publicando artigos sobre outras plataformas tecnológicas utilizadas pelos profissionais do Direito e da Justiça, em particular Advogados.


Apregoado em 2005 como uma plataforma de topo, criada de raiz para servir os tribunais especializados na matéria administrativa e fiscal, em menos de ano e meio deu sinal das primeiras fraquezas...

Moribundo, o sistema vai-se agastando e mantendo disponível, mas a sua utilização é muito, muito, muito residual...

E é fácil perceber porquê!

Partilho convosco um vídeo da entrada no sistema...



... e prometo voltar, em breve, com o sufoco que é a entrega de uma peça processual!

Até quando teremos que conviver com sistemas que inibem todas as tentativas de modernização dos procedimentos e processos dentro dos escritórios?

1 comentário:

Mário disse...

Acabei agora de enviar uma peça pelo SITAF e de facto é intragável... E o pior é com a redução da taxa de justiça somos quase que obrigados a utiliza-lo... Muito triste... Cada vez que uso o SITAF amo mais o CITIUS.

Cumps pelo excelente blog...